Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Eixos Temáticos
Início do conteúdo da página

Eixos Temáticos

Publicado: Terça, 12 de Junho de 2018, 23h11 | Última atualização em Quarta, 08 de Agosto de 2018, 14h29
  • Estágio Curricular Supervisionado e formação docente

As quatro dimensões do Estágio Curricular: o ECS como espaço de construção de aprendizagens significativas no processo de formação dos professores; como elemento articulador no currículo do curso de formação de professores; como elo entre diferentes níveis de ensino; como elemento articulador da relação teoria e prática. O desenvolvimento da postura investigativa como um dos principais objetivos do Estágio Curricular; a condução das atividades desenvolvidas de modo colaborativo entre os professores orientadores dos estágios e os estagiários. A articulação teoria e prática na formação do professor; ações didático-pedagógicas integradoras; processos didáticos na formação de professores – relação teoria e prática; Currículo, projeto pedagógico e práticas docentes; perspectivas contemporâneas para a didática e prática de ensino.

 

  • Natureza, processo e condições do trabalho docente

Atividade docente: a precarização e a intensificação do trabalho e suas implicações no modo de vida e na saúde de docentes. As condições de trabalho e as exigências das políticas públicas; riscos e evidências expressos nos processos de adoecimento do professor, em suas dimensões físicas e psicológicas. Formas de desistência e/ou processos de resistências. 

 

  • A interlocução entre ensino superior e educação básica

Possibilidades, desafios e a questão específica da transposição didática: O diálogo entre o Ensino Superior e a Educação Básica. Aspectos que contribuem para a constituição da prática pedagógica do professor no ensino superior e na educação básica. Os pressupostos teóricos e metodológicos da transposição didática. Concepções sobre o Estágio Curricular Supervisionado e a transposição didática dos conteúdos curriculares. Transformação do conhecimento científico (acadêmico) em conhecimento escolar na prática pedagógica do professor.

 

  • Práticas docentes inovadoras, EaD e uso das novas TICs em sala de aula

Novos modos de interação em sala de aula e o uso de ferramentas e metodologias que possibilitam uma maior atividade do/da aprendiz na produção, gestão e compartilhamento de conhecimento; metodologias que induzem à colaboração entre estudantes; o acompanhamento remoto da atividade discente e a gestão personalizada dos percursos de aprendizagem; as estratégias lúdicas de produção de engajamento. As relações, possíveis e/ou as efetivamente estabelecidas, entre as novas TICs e a educação, na contemporaneidade; os movimentos de subjetivação a que estamos sujeitos, pela força da cultura midiática; usos e influências das TICs nos processos escolares e como recursos didático-pedagógicos. Educação à distância: democratização ou comercialização do ensino?

 

  • Diretrizes para a formação de professores para a educação inclusiva, educação no campo e educação para a diversidade:

As Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial e continuada de professores e suas orientações quanto a necessidade de desenvolvimento da consciência da diversidade, respeitando as diferenças de natureza ambiental-ecológica, étnico-racial, de gêneros, de faixas geracionais, de classes sociais, religiosas, de necessidades especiais, de diversidade sexual. Desafios da educação do campo e da educação inclusiva. Universidade, escola inclusiva e diversidade. 

 

  • Políticas públicas educacionais, diretrizes e propostas curriculares:

 Interesses, percursos e discursos sobre a formação docente; proposição e/ou avaliação de políticas públicas educativas e, de forma especial, políticas da profissão docente, considerando temáticas referentes à formação continuada e desenvolvimento profissional:  carreira, valorização docente, currículo e avaliação.

registrado em:
Fim do conteúdo da página